Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

É Copa, amigos!

Encerrada a primeira rodada da Fase de Grupos da Copa do Mundo da Rússia e o mundo do futebol vê com espanto as dificuldades que as seleções favoritas e estreladas estão enfrentando diante de outras seleções menos badaladas e conhecidas. Vejamos: Alemanha perdeu para o México; Argentina e Brasil empataram com Islândia e Suíça respectivamente; França, Uruguai e Inglaterra venceram com gol nos minutos finais, respectivamente, as seleções da Austrália, Egito e Tunísia. A velha máxima futebolística de que “não existem mais bobos no futebol” nunca foi tão autêntica. Destaco alguns fatores preponderantes para tal conclusão. Primeiro, futebol moderno está cada vez mais físico e psicológico e menos tático e técnico. A evolução física dos atletas mediante o avanço da medicina esportiva e programas e tecnologias de análise de desempenho, aliada a pressão por resultados das grandes seleções, facilita ao time azarão, menos qualificado, o que não tem nada a perder e se preocupa apenas em destruir…

Últimas postagens

Balanço SEP - Parte 1.

Palpitômetro: Copa do Brasil e Libertadores

Torcida que Canta e Vibra!

Técnico por um dia

Rumo certo?

Obrigado, Paulo Nobre!

Copa do Mundo: Palpitômetro.

Boca fechada!

Rumo ao Deca!